Cultivares de Uva e Porta-Enxertos de Alta Sanidade

Voltar

Cultivar | Redglobe

Redglobe

Descrição:
É uma cultivar copa de Vitis vinifera

Origem:
A cultivar foi desenvolvida por Harold Olmo e Albert T. Koyama, na Califórnia (Estados Unidos), na Universidade de DAVIS em 1980. É resultante do cruzamento de dois híbridos (‘Hunisa' x ‘Emperor') com (‘Hunisa' x ‘Emperor' x ‘Nocera'). No Brasil foi introduzida, em São Paulo, em 1988, pelo Instituto Agronômico de Campinas. A partir de vinhedos existentes na área da Estação Experimental da Embrapa Uva e Vinho, o material propagativo foi obtido, tendo sua introdução realizada na década de 90 em Telado do Laboratório da Virologia Vegetal. Posteriormente, a partir de estacas vegetativas, plantas foram formadas e submetidas ao tratamento térmico in vivo para remoção viral durante dois ciclos sequenciais de calor (totalizando 88 dias). Estas novas plantas, foram indexadas continuamente por métodos biológicos e moleculares para comprovação de sua sanidade em relação aos principais vírus que infectam a videira, especialmente: os vírus do complexo do enrolamento-da-folha; os vírus do complexo do intumescimento-dos-ramos; o vírus da degenerência-da-videira; o vírus da mancha-das-nervuras e o vírus da caneluras-do-tronco. Em 2012, o material de sanidade superior foi introduzido em Unidade de Validação de Termonúmeros, em Petrolina, Pernanbuco. Em 2014, depois de confirmada sua normalidade agronômica, identidade genética e sanidade viral; foi solicitada sua inserção no Registro Nacional de Cultivares/MAPA, tendo a Embrapa como uma de suas mantenedoras. Em 2015, ocorreu o primeiro edital de comercialização do material vegetal para constituição de jardins clonais em viveiristas licenciados pela Embrapa

Principais Características:
Tipo prioritário de uso:
mesa
Características Biológicas: Vigor: Muito alto. Ciclo: Tardio.
Características Morfológicas: Cacho: Grande, solto, alado. Baga: Muito grande; ovoidal; coloração rosada claro; polpa carnuda; pequenos traços de sementes (menos de 1 mm de largura); sabor neutro; película resistente (casca grossa). Folhas maduras. Grandes, verde escuro (parte superior); lâmina com formato pentagonal, tendendo a ter cinco lóbulos. Brotações: Eretas; entrenós de coloração verde com listras vermelhas no lado dorsal e verde no lado ventral com nenhum ou poucos pêlos; nós de coloração verde no lado dorsal e ventral com nenhum ou poucos pêlos.
Resistência à pragas e doenças: ao Oídio: muito baixa; à Botytis: baixa; ao Cancro bacteriano: muito baixa
Região de adaptação: PE, BA, AL, MG, SP, PR
Outras informações: As principais vantagens do cultivo dessa uva são: produtividade elevada, boa aceitação no mercado, boa capacidade de conservação pós-colheita e resistência ao rachamento de bagas por ocorrência de chuvas próximo e durante o período de colheita.

Ano de lançamento da tecnologia: 2015

Mais informações e onde comprar (viveiristas licenciados): Processo de Limpeza em Cultivares de Copa de Domínio Público para Obtenção de Qualidade Fitossanitária Superior