Voltar

Dinapec traz inovações para comercialização e produção de ovinos

Foto: Dalízia Aguiar

Dalízia Aguiar -

Inovações para comercialização e produção de ovinos serão apresentadas aos participantes da Dinâmica Agropecuária (Dinapec), que acontece de 7 a 9 de março, na Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande (MS). O roteiro tecnológico sobre ovinocultura trará informações sobre as experiências da Embrapa e instituições parceiras sobre bem-estar animal, produção integrada, nutrição, manejo animal e de pastagens, entre outras temáticas.

Um dos pontos do roteiro será a apresentação da experiência de integração lavoura-pecuária-floresta desenvolvida pela Embrapa, com produção de ovinos em área com plantio de capim e eucalipto (componente florestal). Segundo o pesquisador Fernando Reis, do Núcleo Centro-Oeste da Embrapa Caprinos e Ovinos, alguns benefícios para bem-estar animal, nutrição e pastagens podem ser observados nesta experiência.

“A presença de árvores e sombra traz benefícios para bem-estar de matrizes e para o desenvolvimento do capim. Com alguma sombra, o capim pode ter melhor valor nutricional, pois o crescimento ao sol tem bons resultados, mas faz com que capim se torne mais fibroso em período seco”, explica ele. Outra vantagem, de acordo com o pesquisador, é a rotação de culturas que pode reduzir incidência de parasitas: um plantio de capim na sequência de uma lavoura de grãos pode resultar em um pasto com menor presença de agentes causadores da verminose em ovinos.

Outro destaque no roteiro é a apresentação da experiência da Propriedade de Descanso de Ovinos para Abate (PDOA), situada em Campo Grande (MS), onde produtores rurais diversos levam cordeiros prontos para abate, centralizando processos de comercialização e transporte para frigoríficos. A PDOA é considerada um processo de inovação no modelo de embarque coletivo de animais para abate, facilitando a inserção de pequenos produtores na comercialização legalizada, regulando fornecimento conforme demanda de mercado.

“No Mato Grosso do Sul, há rebanhos pequenos, pulverizados, que não conseguem escala para comercializar, nem os frigoríficos disponibilizam transporte. Com a PDOA, o produtor pode marcar um dia para embarcar em comercializa em conjunto com outros criadores, negociando em melhor condição com frigorífico e fugindo da informalidade”, detalha Fernando Reis. A experiência da PDOA foi desenvolvida pela parceria entre Embrapa, Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) e Associação Sulmatogrossense de Criadores de Ovinos (Asmaco).

Outras experiências apresentadas pela Embrapa serão a unidade de observação para recria de borregas, com diferentes forrageiras (Ipyporã, Quênia e BRS Tamani) para avaliação de exigência nutricional e a adoção de cerca elétrica para manejo de pastagens (parceria com uma empresa privada), com objetivo de racionalizar melhor o capim disponível, facilitando a rotação de áreas para pastejo.

O roteiro tecnológico também contemplará a apresentação de estudo da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) sobre avaliação técnico-econômica de suplementação de fêmeas e cordeiros e demonstração de cães de pastoreio da raça Border Collie. A visitação do roteiro começa nesta quarta-feira (7), das 14 às 16 horas. Na quinta e sexta (8 e 9) a visitação acontecerá pela manhã, das 9 às 11 horas. Para participar o visitante deverá se inscrever, preferencialmente, pelo site (www.dinapec.com), ou se inscrever na hora da visita à Dinapec. O visitante poderá, em um mesmo dia, integrar um roteiro pela manhã e outro à tarde.

Ovinocultura no Mato Grosso do Sul

O estado de Mato Grosso do Sul conta com um rebanho superior a 505 mil cabeças de ovinos, em crescimento ininterrupto desde o início da década de 1990, segundo dados do IBGE. Atualmente, o estado possui o nono maior rebanho de ovinos do país e é o quarto maior produtor de lã no Brasil.

Dinapec 2018

A Dinapec 2018 é organizada pela Embrapa e Famasul, em parceria com Senar-MS, Agraer, Iagro, Fundação MS, Fundação Chapadão e Sebrae-MS. O tema deste ano é Agropecuária de Baixo Carbono e serão oferecidos roteiros tecnológicos e oficinas voltados à diversificação e intensificação dos sistemas agropecuários, com foco na sustentabilidade.

Mais informações: (67) 3368.2000

Adilson Nóbrega (MTB/CE 01269 JP)
Embrapa Caprinos e Ovinos

Contatos para a imprensa

Telefone: (88) 3112.7413

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/