Voltar

Encontro dos Produtores com a Ciência discute ILPF na Fazenda Varjão

Foto: Abílio Pacheco

Abílio Pacheco - A Fazenda Varjão tem se tornado referência em ILPF em Goiás

A Fazenda Varjão tem se tornado referência em ILPF em Goiás

‘Encontro dos Produtores com a Ciência’ – este será o dia de campo que acontecerá no próximo dia 28 de junho, na Fazenda Varjão, uma das Unidades de Referência Tecnológica do sistema iLPF em Goiás, localizada no município de Inaciolândia.

O evento foi formatado para dar a oportunidade aos produtores, técnicos e consultores rurais, estudantes e empreendedores do campo a conhecerem, na prática, os benefícios que o sistema iLPF traz para a propriedade, como rentabilidade, bem-estar animal e sustentabilidade na produção.   

Coordenado pela Embrapa Arroz e Feijão (GO) terá como foco aspectos voltados a viabilidade econômica, sustentabilidade, sistemas agroflorestais e o componente arbóreo em iLPF. 

Em pesquisa realizada em 2016, patrocinada pela Rede de Fomento de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, elaborada pelo Kleffmann Group, e acompanhamento técnico da Embrapa Meio Ambiente (SP), demonstrou grande adesão do setor agropecuário brasileiro ao uso de Sistemas iLPF no Brasil.

Os dados apontam que no país o Sistema ILPF abrange 11,5 milhões de hectares. Os estados que se destacaram em área de adoção foram: Mato Grosso do Sul, com dois milhões de hectares; Mato Grosso, com 1,5 milhão; Rio Grande do Sul, 1,4 milhão, que se destacou também como o estado com maior número de propriedades participantes de alguma das modalidades; Minas Gerais, um milhão, e Santa Catarina, com 680 mil hectares.

Entre os produtores cujo foco predominante é a pecuária, os principais fatores motivadores para a adoção do sistema foram a redução de impactos ambientais, entendida como uma preocupação em adequar ambientalmente a atividade diante das pressões da sociedade e dos mercados e o interesse dos pecuaristas na recuperação das pastagens.

A pesquisa identificou os principais tipos de sistemas adotados, além de informações complementares que darão apoio às ações de transferência de tecnologia, visando ampliar a adoção. As informações abrangem o perfil das propriedades e dos produtores; nível de tecnificação; vantagens percebidas pelos adotantes que conduziram à decisão ou mesmo à desistência; as fontes de informação nas tomadas de decisão para a adoção; entraves e perspectivas.

Foram realizadas 7.909 entrevistas, compreendendo 3.105 pecuaristas de leite e corte em todos os estados; 2.958 produtores de soja nos estados da Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Piauí, Paraná, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins; e 1.846 produtores de milho nos estados da Bahia, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Outras informações e para maior facilidade, a pré-inscrição ao Encontro dos Produtores com a Ciência podem ser realizadas acessando aqui

Hélio Magalhães (DRT MG 4911)
Embrapa Arroz e Feijão

Contatos para a imprensa

Telefone: 62 3533-2108

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/