Voltar

Evento leva conceitos de sistemas integrados à Bahia

Foto: Divulgação

Divulgação -

A capital Salvador (BA) recebe nos dias 9 e 10 de maio o I Workshop Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), no auditório da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), que ao lado da Embrapa é uma das realizadoras do encontro. Com inscrições gratuitas e vagas limitadas, os organizadores pretendem reunir para o evento, técnicos, extensionistas e produtores rurais de gado de corte e leiteiro interessados na dinâmica dos sistemas integrados de produção.

"A proposta é difundir esta prática na região semiárida e, consequentemente, atender o compromisso do Brasil por meio do Plano ABC - Agricultura de Baixa Emissão de Carbono, assumido na COP-15 (Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas)", afirma a assessora técnica da Seagri, Jucimara Rodrigues dos Santos. Ela comenta que durante o workshop também é esperada uma participação de agentes financeiros a fim de incentivar a adoção de tais práticas conservacionistas.

Para isso, a programação do workshop envolve a participação de pesquisadores da Embrapa de Sergipe, Pernambuco, Ceará, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Paraná, além de professores do Instituto Federal do Ceará. Os temas, por sua vez, englobam a rentabilidade em sistemas ILPF, bem-estar animal, adubação e manejo de pastagens, forrageiras no Nordeste, introdução do componente arbóreo e experiências de lLPF nos tabuleiros costeiros e em regiões semiáridas.  

Uma das coordenadoras do encontro, a pesquisadora da Embrapa Fabiana Villa explica que a programação foca nas possibilidades dos sistemas integrados para a região Nordeste do País, onde é possível integrar os caprinos, gado leiteiro e as espécies frutíferas como componente florestal, por exemplo. Tudo isso a partir de um planejamento adequado e suporte técnico. 

Segundo Villa e Santos, os sistemas de integração são incipientes na região, mas com potencial para crescimento. Dados da Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF) indicam que o Estado é detentor de 700 mil hectares plantados principalmente com eucalipto, o que coloca a Bahia entre as líderes do ranking de área florestal plantada no Brasil. Villa ressalta que os números apontam as perspectivas em relação à integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) e silvipastoril; e acrescenta que a modalidade lavoura-pecuária (ILP) é uma alternativa igualmente viável e eficiente. 

A adesão aos sistemas passa pela quebra de mitos como sendo uma prática dispendiosa, quando na realidade ao integrar outras culturas há o investimento inicial na implantação desses novos componentes, o que é equacionado ao longo da atividade. Outro equívoco é atrelar a adoção a produtores de maior porte, “sendo que os sistemas integrados servem para o produtor rural, sem distinção, para uma diversificação de sua propriedade e cultivos”, destacam os organizadores. 

O workshop tem o apoio de Perene Agronegócios, ABAF e Sistema FAEB/Senar, com a realização do Governo do Estado da Bahia e da Embrapa. 

 

Serviço: I Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF)
Data: 9 e 10 de maio
Local: Seagri, Salvador (BA)
Informações: workshop.ilpf@seagri.ba.gov.br 

 

Dalízia Montenário de Aguiar (MTb 28/03/14/MS)
Embrapa Gado de Corte

Contatos para a imprensa

Telefone: +55 67 3368-2144

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/